logo

Abr 22 2016

 IMG 3279

Médico da FIA esteve a frente dos trabalhos e ressaltou importância de ação realizada pelo evento brasileiro que receberá competidores de vários países em maio

O Erechim Rally Brasil é nada menos que o principal evento de rali de velocidade do Brasil e um dos principais da América do Sul. Neste sentido, a organização tem estado atenta a todos os detalhes, para que a corrida siga sendo projetada em nível nacional e internacional.

Um dos pontos a serem contemplados na organização do evento é a parte de segurança, resgate e atendimento médico. Neste sentido, foi realizado nesta quinta-feira, um treinamento teórico e prático junto ao Anfiteatro da Unimed Erechim. Voluntários e convidados participaram de uma aula teórica, ministrada pelo médico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Dorival de Carlucci Jr, que também é membro da equipe médica da Formula 1, juntamente com a Brigada Militar e Corpo de Bombeiros. 

Já na parte da tarde, houve aula prática de segurança com o Corpo de Bombeiros. Voluntários tiveram noções de resgates em caso de acidente, maneiras corretas de uso de equipamentos obrigatórios como extintor de incêndio.

Para Claudio Pagliosa, coordenador geral do Erechim Rally Brasil, a iniciativa visou qualificar ainda mais o quadro de voluntários, além de deixa-los preparados para atendimentos, em caso de necessidades.

IMG 3443 

Elogio à iniciativa

Dorival Carlussi Jr elogiou a iniciativa do Erechim Rally Brasil ao realizar o treinamento dos voluntários. “É fundamental repassar esta informações, especialmente em um evento de rali de velocidade. O voluntário é o primeiro a realizar o atendimento em qualquer acidente, tem que transmitir estas informações para que saibam até onde podem ajudar, o que podem fazer em prol da equipe médica. Este treinamento prévio é muito importante que aconteça em qualquer tipo de evento, além do fato de você simular e testar a equipe, motivar o grupo de trabalho para que possam ter sucesso em caso de necessidades”, destacou o médico da FIA.

Além disso, para Carlussi Jr, importante também é o envolvimento dos órgãos públicos de segurança, caso que acontece no Erechim Rally Brasil. “A gente depende deles. Eventos grandes como a da Fórmula 1, em São Paulo, sempre tem o envolvimento do Corpo de Bombeiros, seja para a parte humana ou de equipamentos. Aqui em Erechim, além disso, vimos a presença da Defesa Civil, dos Bombeiros Civis, é fundamental este envolvimento para que haja segurança plena no evento”, aponta Carlussi Jr.

IMG 3151 

Médico fala em evolução constante

O médico da FIA, Carlussi Jr, salientou em sua passagem por Erechim, que ainda é bastante heterogênea a questão do envolvimento dos eventos com a parte de segurança e médica. “Depende muito da disponibilidade das equipes regionais, da comissão organizadora, quanto orçamento tem para arcar com o custo médico. Vai muito também da conscientização do organizador de entender a necessidade de atendimento médico de qualidade. A gente tem buscado ao longo dos últimos anos, levar ao menos o conhecimento em situações de resgate, mas ainda precisamos avançar, porque nem sempre quem recebe a informação trabalha no evento. Temos eventos com qualidade de atendimento médico excelentes, outros ainda apenas com uma ambulância”, acrescenta Carlussi Jr.

Para ele, ainda é preciso evoluir, e sempre será assim, amplia. “Não tenho duvidas de que tenha que haver uma evolução constante. No dia em que alguém chegar ao ponto de dizer que não precisa mais evoluir, tem que trocar quem está pensando. Todo dia tem uma situação nova, em cada acidente se aprende algo novo, nenhum é igual a outro, sempre se aparece alguma dificuldade, alguma falha, situação que não havia sido pensada antes, e isso tudo acaba nos mostrando um novo caminho”, completa Carlussi Jr.

IMG 3450 

O Erechim Rally Brasil

O evento brasileiro receberá em maio, entre os dias 12 e 15, a segunda etapa do Campeonato Sul-americano de rali de velocidade, em disputa simultânea com a terceira etapa do Brasileiro e segunda rodada dupla do Gaúcho.

A expectativa é de mais de 70 carros no grid de largada, muitos deles vindos de outros países como Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina. Mais informações sobre o evento podem ser consultadas através do site oficial, rallyerechim.com.

Prime Comunicação

Busca no MundoRally

Loading